Desconto a assinantes do Speedy vai custar R$24 mi à Telefônica

quinta-feira, 24 de julho de 2008 20:33 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A decisão da Telefônica, acertada com órgãos de defesa do consumidor, de compensar todos os usuários de banda larga do serviço Speedy com desconto de 120 horas na próxima fatura, vai gerar um efeito de 24 milhões de reais na receita operacional do mês de julho.

O valor consta do balanço trimestral da operadora, divulgado nesta quinta-feira. A rede de dados da Telefônica sofreu uma pane entre os dias 2 e 3 de julho, cujas causas ainda estão sendo investigadas por uma equipe do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, de Campinas (SP).

Esse valor, entretanto, que representa o desconto aos 2,29 milhões de assinantes do Speedy, não inclui multas contratuais nos serviços prestados a grandes empresas e órgãos de governo, que também foram afetados. A empresa informa no balanço que já iniciou diálogo com esses clientes para definir as compensações aplicáveis.

TV PAGA E BANDA LARGA

O lucro líquido da Telefônica no segundo trimestre deste ano alcançou 638,2 milhões de reais, cifra 5,7 por cento superior à registrada em igual período do ano passado.

Segundo o balanço, o resultado foi impulsionado pelo crescimento das atividades de banda larga e de TV paga da empresa.

A receita líquida totalizou 3,88 bilhões de reais no período de abril a junho, com alta de 5,9 por cento sobre o segundo trimestre de 2007.

A receita com assinatura básica de telefonia, entretanto, caiu 4,6 por cento e a de telefonia local caiu 3,4 por cento, enquanto a receita com telefones públicos sofreu redução de 12,2 por cento.   Continuação...