Cuba dificulta acesso ao blog mais lido do país

segunda-feira, 24 de março de 2008 18:06 BRT
 

HAVANA (Reuters) - A mais popular blogueira de Cuba, Yoani Sánchez, disse nesta segunda-feira que as autoridades cubanas bloquearam e, depois, permitiram o acesso, mas com lentidão, à sua página na Internet.

Sánchez, cujo blog crítico "geração Y" recebeu 1,2 milhão de visitas em fevereiro, disse que as autoridades colocaram "filtros" que retardam o acesso a partir de Cuba de seu blog (www.desdecuba.com/generaciony/), que está hospedado em um servidor alemão.

"Isto efetivamente bloqueia o acesso ao blog. Que cubano com acesso limitado à Internet vai esperar 15 minutos para vê-lo?", disse Sánchez.

No fim de semana, ao tentar acessar o site os cubanos viam a inscrição "esta página não pode ser exibida". A empresa estatal de telecomunicações Etecsa é a única provedora do serviço de Internet no país.

"Então, os censores anônimos do nosso famélico ciberespaço tentaram me trancar em um quarto, apagar a luz e não deixar meus amigos entrarem", escreveu ela em seu blog na segunda-feira.

Aos 32 anos e graduada em linguística, ela conquistou um número considerável de leitores ao escrever sobre seu dia-a-dia em Cuba e descrever as dificuldades econômicas e restrições políticas que enfrenta.

Ela critica as "vagas" promessas de mudança do novo líder, Raúl Castro, que assumiu o poder formalmente no mês passado, depois da renúncia do irmão Fidel. Segundo ela, ele deu passos mínimos para melhorar o padrão de vida dos cubanos.

"Quem é o próximo na fila para ganhar uma torradeira?" era o título de um blog que satirizava a derrubada das restrições à venda no varejo de computadores, aparelhos de DVD e outros utensílios que os cubanos desejavam. Apesar da mudança, as torradeiras não serão vendidas livremente até 2010.

Em um país controlado pelo Estado, sem mídia independente, Sánchez e outros blogueiros que vivem em Cuba encontraram na internet um meio de expressar-se sem amarras.   Continuação...