Google revela projeto para usar frequências ociosas de TV

segunda-feira, 24 de março de 2008 18:58 BRT
 

Por Peter Kaplan e Eric Auchard

WASHINGTON (Reuters) - O Google revelou nesta segunda-feira planos para lançar uma nova geração de dispositivos sem fio para operar nas frequências que hoje pertencem às transmissões televisivas e aliviou os temores de que o sistema possa interferir nas transmissões das emissoras de televisão e microfones sem fio.

Em comentários entregues à Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês), a empresa líder da Internet resumiu seu plano para dispositivos de baixa tensão que usam os "espaços em branco", ou frequências inutilizadas, entre os canais de televisão. Um executivo da Google chamou o projeto de "WI-Fi 2.0 ou Wi-Fi com esteróides".

"As frequências podem prover uma grande economia e ganhos sociais se usadas de forma mais eficiente", afirmou o Google nos comentários.

Rick Whitt, conselheiro de mídia e telecomunicações da Google em Washington, disse que esta classe de dispositivos sem fios pode transmitir dados a uma velocidade de bilhões de bits por segundo -- muito mais rápido que os milhões de bits por segundo disponíveis na maioria dos sistemas de banda larga.

Tais frequências podem estar disponíveis em fevereiro de 2009, quando a transmissão televisiva mudar de analógica para digital. Whitt disse que a companhia espera iniciar o uso dessas frequências até o final de 2009.