Nintendo não planeja cortar preços do Wii e DS este ano

sexta-feira, 25 de abril de 2008 09:31 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A Nintendo afirmou que não planeja cortar os preços do console Wii e do portátil DS este ano, destacando confiança numa demanda contínua pelas duas plataformas de videogames.

"Nossa projeção de lucro para o ano não é baseada em corte no preço dos hardwares e não creio que iremos precisar fazer isso", afirmou o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, durante encontro com analistas nesta sexta-feira.

A Nintendo, que compete com a Microsoft e Sony na indústria global de videogames, atualmente é líder tanto no segmento de consoles quanto no de portáteis.

Os comentários de Iwata chegam um dia depois da empresa divulgar lucro operacional quase 100 por cento maior no ano findo em março e prever outros 9 por cento de crescimento este ano, para 530 bilhões de ienes (5,08 bilhões de dólares).

A perspectiva ficou um pouco abaixo das estimativas, mas analistas afirmaram que a previsão da companhia deve se manter numa posição conservadora. A Nintendo, terceira maior empresa do Japão em valor de mercado, revisou para cima suas previsões de lucros três vezes no ano fiscal recém encerrado.

A Sony cortou o preço do PlayStation 3, modelo com disco rígido de 20 gigabytes em 20 por cento para 49.980 ienes (479 dólares) antes do produto ser lançado no final de 2006, e reduziu o preço novamente para 44.980 ienes no ano passado para aumentar a demanda. Enquanto isso, a Nintendo não alterou o custo do Wii, que continua com preço de 25 mil ienes.

 
<p>Nintendo n&atilde;o planeja cortar pre&ccedil;os do Wii e DS este ano. A Nintendo afirmou que n&atilde;o planeja cortar os pre&ccedil;os do console Wii e do port&aacute;til DS este ano, destacando confian&ccedil;a numa demanda cont&iacute;nua pelas duas plataformas de videogames. 24 de abril. Photo by Toru Hanai</p>