Samsung tem lucro abaixo do esperado e vê 2o semestre difícil

sexta-feira, 25 de julho de 2008 09:47 BRT
 

Por Rhee So-eui e Miyoung KiM

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics divulgou nesta sexta-feira um lucro trimestral abaixo do esperado e vê no segundo semestre um mercado fraco para chips de memória e margens menores em vendas de celulares e telas planas. As ações da maior fabricante de chips de memória do mundo e de telas de cristal líquido (LCD) despencaram 6,2 por cento nesta sexta-feira, na maior queda diária em quatro anos.

"É improvável que conseguiremos uma recuperação acentuada (no terceiro trimestre)", afirmou Chu Woosik, vice-presidente executivo de relações com investidores.

Ele citou que a redução no ritmo econômico global deve persistir durante o ano e que a visibilidade do setor de chips de memória é "muito baixa".

O ano que vem parece igualmente desafiador para a companhia, que também é a segunda maior fabricante de celulares do mundo. A Samsung espera demanda menor que impactará todos os eletrônicos de consumo, de TVs com telas planas a celulares e computadores pessoais.

A Samsung é a terceira marca mais valiosa da Ásia, atrás da Toyota e da Honda.

"A recuperação no setor de chips de memória não acontecerá em breve pois o ambiente macro continua fraco, porém não deve ficar pior a partir daqui", disse Jay Kim, analista da Hyundai Securities.

O lucro da Samsung entre abril e junho subiu 51 por cento, para 2,14 trilhões de wons (2,12 bilhões de dólares), impulsionado por forte demanda por LCDs e celulares. Um ano atrás o ganho foi de 1,42 trilhão de wons, quando uma queda nos preços de chips de memória afetou os números da empresa. Analistas previam lucro líquido de 2,3 trilhões de wons.

A receita no segundo trimestre subiu para 18,14 trilhões de wons ante 14,63 trilhões de wons um ano antes.

 
<p>Um funcion&aacute;rio checa o televisor da Samsung em loja em Seoul, dia 25 de julho. A Samsung Electronics divulgou nesta sexta-feira um lucro trimestral abaixo do esperado e v&ecirc; no segundo semestre um mercado fraco para chips de mem&oacute;ria e margens menores em vendas de celulares e telas planas. Photo by Jo Yong-Hak</p>