Lucro da Apple pode ser maior com novo iPhone, prevê pesquisa

quarta-feira, 25 de junho de 2008 15:23 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O novo iPhone será mais lucrativo que qualquer outro produto da popular linha de players de mídia da Apple, apesar do aparelho custar 50 por cento mais barato que iPhone original, afirma um estudo divulgado nesta quarta-feira.

Beneficiadas por uma redução no custo dos componentes, as margens do novo iPhone devem exceder os 50 por cento atingidos pelos mais populares dos players de mídia da Apple, de acordo com o estudo preliminar do grupo de pesquisa iSuppli.

"Os produtos iPhone e iPod geralmente têm preço 50 por cento mais alto que os custos (de materiais e produção)", afirmou a iSuppli. "Com o novo iPhone sendo vendido a 199 dólares e com o subsídio estimado em 300 dólares, a Apple obterá margem de lucro ainda mais elevada."

As operadoras de telefonia móvel devem pagar um subsídio de cerca de 300 dólares por iPhone novo à Apple, estimou a empresa de pesquisa.

A iSuppli prevê os custos de produção do novo iPhone equipado com tecnologia de terceira geração em 173 dólares, ante os 265 dólares do modelo original. Lançado um ano atrás, a versão anterior do aparelho custava 500 dólares e não tinha subsídio de operadoras.

"A 173 dólares, o novo iPhone é significativamente menos caro em termos de produção do que o modelo de primeira geração, apesar das grandes melhoras nos recursos do aparelho", disse o Jagdish Rebello, principal analista da iSuppli.

Os números não incluem outros custos, como desenvolvimento de software, transporte e distribuição, e embalagem, segundo a iSuppli.

Para fazer as estimativas, a iSuppli afirmou que usou percepções de sua equipe sobre conteúdo, fornecedores e custos do iPhone. Assim que a nova versão chegar ao mercado, a iSuppli informa que pretende fazer uma avaliação real e detalhado dos componentes e estrutura de custos do aparelho.