Nintendo pretende levar o Wii à China em 2008

sexta-feira, 26 de outubro de 2007 13:21 BRST
 

Por Kiyoshi Takenaka

TÓQUIO (Reuters) - A Nintendo afirmou que pretende lançar o console Wii na China e na Coréia do Sul e 2008, o que deve ajudar a empresa a aumentar a vantagem em relação às concorrentes Sony e Microsoft .

Um dia depois de as três gigantes dos games divulgarem balanços, analistas japoneses disseram que a Nintendo parece bem posicionada para vencer a disputa no mercado da atual geração de consoles de video-games, por conta da forte produção de software e baixo preço de hardware.

"Uma nova geração de hardware se renova a cada 5 ou 6 anos. Assim, começar bem é crucial", afirmou Koki Shiraishi, analista do Daiwa Institute.

"O Xbox 360 foi lançado um ano antes, e está virtualmente empatado com o Wii em vendas totais. Mas se for observar o momento em crescimento líquido, o Wii está bem à frente." A Nintendo vendeu 3,9 milhões de unidades do Wii entre julho e setembro, o console com controle sensível ao movimento, três vezes mais que as vendas do PlayStation 3 da Sony e duas vezes mais que o Xbox 360 da Microsoft no mesmo período.

"Estamos com um estoque baixo de Wii. Nossa responsabilidade agora é entregar quantos consoles pudermos nos mercados existentes", afirmou o presidente da empresa, Satoru Iwata. "Mas no ano que vem, creio que levaremos o Wii à China."

Iwata também afirmou nesta sexta-feira que planeja reduzir o preço do Wii, em resposta aos concorrentes.

A estratégia da Nintendo de oferecer inovação em games fáceis de jogar, para atrair um público não acostumada com video-games, tem se mostrado um enorme sucesso.

As ações da empresa mais que quintuplicaram nos últimos dois anos, se tornando a terceira empresa com maior valor de mercado do Japão.