Take-Two pede para acionistas rejeitarem oferta da EA

quarta-feira, 26 de março de 2008 12:34 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Take-Two Interactive Software pediu a seus acionistas nesta quarta-feira para rejeitarem a oferta de compra da empresa por 26 dólares por ação feita pela rival Electronic Arts .

A produtora de videogames populares como "Grand Theft Auto" considera o valor proposto muito baixo, mas informou que iniciou esforços para explorar uma venda ou outras opções.

A Take-Two informou que ainda está aberta a uma combinação com a EA ou outra empresa, mas não antes de lançar "Grand Theft Auto 4", considerado por muitos da indústria como o best-seller do ano.

A companhia informou que seu conselho iniciou um processo para considerar alternativas estratégicas e para reunir materiais necessários para qualquer parte interessada em avaliar a empresa. A Take-Two informou que recebeu interesse de duas companhias desde que a EA anunciou sua oferta.

"Os interesses de nossos acionistas serão dificilmente atendidos pela aceitação de uma oferta da EA pelo preço errado e no momento errado", disse o presidente do conselho da Take-Two, Strauss Zelnick, em comunicado.

A oferta da EA é avaliada em 2 bilhões de dólares e a Take-Two afirma que a proposta subestima a empresa antes do lançamento de "Grand Theft Auto 4".