Google foca em Internet móvel na China

sexta-feira, 26 de outubro de 2007 11:33 BRST
 

XANGAI (Reuters) - O Google afirma estar enfrentando um desafio incomum para a empresa no mercado de Internet da China: como atingir uma massa de internautas que navega pela primeira vez por celulares em vez de usarem computadores.

O problema está fazendo a companhia a projetar novos produtos direcionados ao mercado local e pode obrigar o Google a fazer mais aquisições no país para não ficar para trás, disse o presidente da empresa na China, Lee Kai-fu.

"A China tem uma grande oportunidade móvel, com muitos usuários de celulares se tornando internautas nos próximos anos, conforme a terceira geração (3G) e outras tecnologias sem fio se difundem", disse o executivo. "Muitos usuários chineses que vão usar a Internet móvel não têm PC."

Há cerca de 500 milhões de assinantes de serviços de telefonia móvel na China, que tem uma população de 1,3 bilhão de habitante. Enquanto isso, com mais de 162 milhões de internautas, a China é o segundo maior mercado de Internet do mundo, depois dos Estados Unidos.

Lee evitou comentar como o Google está redesenhando produtos para a China, mas a estratégia inclui a compra de participações em uma série de empresas, de software multimídia a redes sociais. Em agosto a companhia confirmou que comprou uma participação na rede social chinesa Tianya.cn.