Palm sofre prejuízo, apesar de vendas elevadas do Centro

sexta-feira, 27 de junho de 2008 11:59 BRT
 

Por Jennifer Martinez

LOS ANGELES (Reuters) - A fabricante de celulares inteligentes Palm anunciou prejuízo no quarto trimestre, ante lucro no mesmo período do ano anterior. O resultado foi pressionado por desaceleração nas vendas de modelos mais antigos, como o Treo, apesar de fortes vendas de do aparelho Centro, mais recente e de custo menor.

A Palm também anunciou faturamento inferior ao esperado no trimestre encerrado em 30 de maio, o que ajudou a causar queda de mais de três por cento em suas ações.

Ed Colligan, presidente-executivo da Palm, disse em entrevista por telefone que ele espera que a receita volte a crescer no primeiro trimestre do ano fiscal, mas que a empresa provavelmente não sairá do vermelho, porque continuará a investir no desenvolvimento e comercialização de seus diversos celulares inteligentes e aparelhos sem fio.

Colligan disse que o celular inteligente Palm Centro, com preço de 99 dólares e dirigido a usuários iniciantes desse tipo de aparelho, é "um imenso sucesso". O Centro, lançado em setembro passado, também atraiu muitos clientes novos para a empresa, disse o executivo.

Mas a popularidade do aparelho não se traduziu em uma maior receita porque ele oferece margens menores do que os demais modelos da Palm, mais caros. O principal deles, o Treo, concorre com o iPhone, da Apple, e com o BlackBerry, da Research in Motion, mas perdeu mercado diante dos dois rivais.

"Estamos muito satisfeitos com o Centro, ainda que soubéssemos que não se trata de um produto que vá promover crescimento de margens", disse o vice-presidente financeiro Andy Brown, durante a entrevista. "Queremos continuar a sustentar o ímpeto do Centro."

O prejuízo líquido da empresa em seu quatro trimestre foi de 43,4 milhões de dólares ante lucro líquido de 15,4 milhões de dólares um ano antes.