Robôs assassinos podem ser usados por militantes--especialista

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008 16:33 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Robôs assassinos podem se tornar uma arma na mão de militantes, afirmou um especialista britânico nesta quarta-feira.

Noel Sharkey, professor de inteligência artificial e robótica da Universidade de Sheffield, disse acreditar que a queda nos custos de produção podem, em breve, tornar robôs uma opção bélica realista para grupos extremistas.

Vários países e companhias estão desenvolvendo tecnologias robóticas para fins militares, e o Departamento de Defesa dos Estados Unidos lidera a corrida. Mais de 4.000 robôs estão ativos no Iraque.

"O problema é que nós realmente não podemos colocar o gênio de volta na lâmpada. Uma vez que estas armas estiverem lá fora, elas serão fáceis de copiar", afirmou Sharkey em uma conferência organizada pelo Instituto de Serviços Unidos britânico nesta quarta-feira.

"Quanto tempo vai demorar para que terroristas obtenham isso. Com os preços atuais da construção de robôs caindo drasticamente e a disponibilidade de componentes prontos para o mercado amador, não é necessária muita habilidade para fazer armas-robô autonômas".

Sharkey afirmou que um "drone" (avião não tripulado) guiado por GPS pode ser feito com cerca de 490 dólares.

(Reportagem de Ben Hirschler)