March 28, 2008 / 1:44 PM / 9 years ago

ENTREVISTA-Google busca continuar sua expansão na América Latina

3 Min, DE LEITURA

Por Lucas Bergman

BUENOS AIRES (Reuters) - O principal serviço mundial de buscas na Internet, Google, aposta em atrair os milhões de potenciais clientes da América Latina, região em que no ano passado registrou seu maior crescimento de vendas, anunciou na quinta-feira um executivo da empresa.

Daniel Alegre, vice-presidente do Google para a América Latina, afirmou que o crescimento ficou na casa dos "três dígitos percentuais", e que a previsão é de que o ritmo seja mantido em 2008, apesar de preferir não dar números precisos.

Fontes do setor consultadas pela Reuters asseguraram que a empresa teve um faturamento de cerca de 300 milhões de dólares na região, no ano passado, quase o dobro do total do ano anterior.

"A região latino-americana é que apresenta mais crescimento em termos percentuais, no mundo", disse Alegre em entrevista à Reuters.

"Se considerarmos o número de empresas existentes na Argentina, Brasil, México, estaremos falando de milhões de empresas. Nós temos 15 mil anunciantes", declarou o executivo, para destacar o potencial da região.

Em nível mundial, a receita do Google atingiu os 16,6 bilhões de dólares em 2007, com lucro de 4,203 bilhões de dólares, em uma empresa com mais de 16,8 mil funcionários.

A empresa abriu canais de publicidade para estender a oferta a diferentes tipos de empresa. "Antes havia canais que custavam caro demais ou ofereciam dificuldade de ingresso", explicou.

"Estamos vendo forte crescimento no Brasil. Argentina e México também têm crescimento elevado", afirmou Alegre, que está em visita aos escritórios da empresa em Buenos Aires, nos quais trabalham quase 100 pessoas.

Alegre destacou o interesse do Google em crescer na oferta de conteúdo por telefonia móvel.

"Existem 85 milhões de usuários de Internet na América Latina e há mais de 300 milhões de usuários de celulares. Estamos investindo com força em maneiras de propiciar acesso a todas as informações por meio de celular", afirmou.

O executivo afirmou que o grosso dos anunciantes da região está nos ramos de turismo, finanças, automóveis e eletrônica.

Um recente comunicado da comScore disse que o Google lidera o mercado de busca dos Estados Unidos com 59,2 por cento do mercado, seguido por Yahoo com 21,6 por cento e pela Microsoft com 9,6 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below