Falha de segurança no iPhone expõe dados pessoais

quinta-feira, 28 de agosto de 2008 13:43 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Uma falha de segurança no iPhone, da Apple, permite que usuários não autorizados obtenham facilmente acesso a contratos privados e e-mails mesmo que o aparelho esteja travado. A companhia informou que a solução já está a caminho.

O popular blog de tecnologia Gizmodo e um fórum online operado pelo site Mac Rumors mostraram que bastavam três comandos para conseguir acesso a iPhones travados que operam com o mais recente software iPhone 2.02.

Uma porta-voz afirmou em e-mail que a Apple está a par do problema e preparando um software que o corrigiria. Enquanto isso, ela recomendou que os usuários usem o botão "Home" do iPhone para abrir a coleção de música do aparelho em lugar do cardápio de "Favorites"

A porta-voz não informou quando a atualização de software estará disponível.

A falha pode representar um revés temporário para os ambiciosos planos da Apple para competir com a Research in Motion, cujo celular inteligente BlackBerry se tornou uma referência de mercado entre usuários empresariais de todo o mundo.

No começo de agosto, o grupo de pesquisa Gartner divulgou um relatório no qual afirmava que o software do iPhone havia cumprido os requisitos mínimos para uso empresarial, ainda que persistissem algumas questões. O autor do relatório, Ken Dulaney, não foi localizado imediatamente.

Na semana passada, a Apple lançou uma atualização para o software do iPhone que supostamente corrigiu os problemas que o aparelho apresentava na conexão com redes de terceira geração (3G), depois de receber uma série de queixas online de clientes de todo o mundo.

A Apple, que lançou o novo iPhone 3G em 11 de julho, anunciou que espera vender 10 milhões de iPhones até o final de 2008.

(Por Kenneth Li)