Jogos de música conduzem revolução nos videogames

segunda-feira, 28 de julho de 2008 13:42 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - As vendas recordes de jogos de computador e videogames no primeiro semestre tiveram grande ajuda de "Grand Theft Auto IV", da Rockstar Games, e do "Guitar Hero III", da Activision.

Apresentados na feira E3, realizada entre 16 e 18 de julho em Los Angeles, novos jogos musicais que serão lançados até o fim do ano prometem dar mais força para as vendas do setor, segundo informa a Billboard. Entre eles estão "Rock Revolution", da Konami, "Rock Band 2", da Harmonix/MTV/Electronic Arts, "Guitar Hero: World Tour", da Activision/Red Octane, "Saints Row 2" da THQ e "Madden NFL '09" da EA.

As vendas de hardware, software e acessórios de videogames nos Estados Unidos até o fim de junho totalizaram 8,27 bilhões de dólares, 36 por cento a mais que os 6,1 bilhões contabilizados no mesmo período do ano passado, segundo o NPD Group, que acompanha as vendas no varejo.

As vendas de jogos bateram os 4,3 bilhões de dólares, 49 por cento a mais ante os 2,9 bilhões de dólares do ano anterior, numa venda recorde de 107,6 milhões de unidades. O volume corresponde a um aumento de 25 por cento contra as 85,9 milhões de unidades vendidas um ano antes.

Num dos maiores anúncios da E3, a Konami afirmou que deu início a uma parceria com a banda de rock Linkin Park pela qual o "Rock Revolution", mais nova franquia no mercado de jogos musicais, será o game oficial da turnê Projekt Revolution do grupo. Em cada parada da turnê, a Konami irá preparar demonstrações que irão apresentar o "Rock Revolution", bem como versões demos de "Dance Dance Revolution" e "Karaoke Revolution American Idol Presents Encore", afirmou o diretor de marketing da Konami, Rozita Tolouey.

O single "Given Up", da banda, é uma das 40 canções apresentadas em "Rock Revolution", um jogo que apresenta vários instrumentos e que concorrerá diretamente com as franquias "Guitar Hero" e "Rock Band".