CORREÇÃO-OI tem resultado recorde em 2007, faz mistério sobre SP

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008 13:47 BRT
 

(Corrige volume do caixa da empresa no 10o parágrafo de R$3,7 bilhões para R$6,7 bilhões)

Por Alberto Alerigi Jr.

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo de telecomunicações Oi teve lucro recorde em 2007 e prepara para o segundo semestre lançamento de operação celular em São Paulo que faz parte de um pacote de investimentos de 4 bilhões de reais em 2008, montante quase duas vezes maior que o aplicado ano passado.

A unidade móvel do grupo teve lucro líquido de 456 milhões de reais em 2007, num salto de 230,4 por cento na comparação com o resultado obtido um ano antes e que ajudou a catapultar o ganho consolidado da Oi em 80 por cento no período, para 2,36 bilhões de reais.

Mas o resultado também recorde da móvel pode não se sustentar em 2008 em relação a 2007 por conta dos custos da entrada em São Paulo, onde a Oi será a quarta empresa a operar, e do início da operação de terceira geração (3G) em sua atual região.

"Uma start up é sempre uma start up. Sempre começa com mais custos que receitas, mas no médio prazo a gente espera que a entrada em São Paulo ajude no balanço da companhia", afirmou em teleconferência com jornalistas o diretor de finanças da Oi, José Luís Salazar.

Fazendo segredo sobre o lançamento da operação celular em São Paulo, Salazar informou apenas que o início na região se dará no segundo semestre em segunda (2G) e terceira gerações.

"Nós seremos em São Paulo uma empresa de telefonia móvel e banda larga com o 3G (...) A gente vai naturalmente disputar os clientes já existentes e também aqueles clientes que vão existir em virtude do aumento da penetração (do celular) em São Paulo", disse Salazar, acrescentando que 65 por cento da população do Estado usa celular, enquanto no Rio de Janeiro a taxa é de 75 por cento.   Continuação...