Mais norte-americanos usam Internet para ler notícias--pesquisa

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008 13:51 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Quase 70 por cento dos norte-americanos acreditam que o jornalismo tradicional está fora de forma e perto da metade usa a Internet para se informar, de acordo com uma nova pesquisa.

Apesar da maioria das pessoas pensarem que o jornalismo é importante para a qualidade de vida, 64 por cento estão insatisfeitos com o conteúdo midiático em suas comunidades, segundo uma pesquisa online de We Media/Zogby Interactive.

"Essa é uma reflexão realmente animadora de que as pessoas se importam A) com jornalismo e B) entendem que ele faz diferença para as vidas delas", disse Andrew Nachison, do iFOCOS, um instituto que organizou um fórum em Miami, onde as descobertas foram apresentadas.

Quase a metade dos 1.979 pesquisados afirmaram que sua fonte primária de notícias e informações é a Internet, número maior que os 40 por cento do ano passado. Menos de um terço usa a televisão para se informar, enquanto 11 por cento ouvem rádio e 10 por cento lêem jornais.

Mais da metade daqueles que cresceram com a Internet, as pessoas entre 18 e 29 anos de idade, obtêm a maioria das suas informações pela rede mundial de computadores, em comparação com os 35 por cento entre os que têm 65 anos de idade ou mais.

Adultos mais velhos formam o único grupo que prefere veículos distintos da Internet como fonte primária de informação.