Skype alia-se à operadora 3 em lançamento de celular

segunda-feira, 29 de outubro de 2007 10:26 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A empresa de telefonia pela Internet Skype, uma divisão do eBay, e o grupo de telefonia móvel 3 lançaram um celular que permite que usuários da Skype façam chamadas entre si sem precisar de computador.

As empresas anunciaram na segunda-feira que o novo 3 Skypephone pode também enviar mensagens instantâneas pela rede da Skype. A expectativa das companhias é a venda de "centenas de milhares de unidades" do modelo em todo o mundo, no quarto trimestre.

"Estamos otimistas e acreditamos que dentro de alguns anos venderemos milhões de unidades ao ano, mas no quarto trimestre (de 2007) nossa expectativa é vender algumas centenas de milhares de unidades em todo o mundo", disse Frank Sixt, diretor financeiro da empresa controladora da 3, o grupo de Hong Kong Hutchison Whampoa, a jornalistas.

O celular está sendo lançado em nove mercados, entre os quais Reino Unido, Austrália e Itália. Outros países estão sendo considerados.

No Reino Unido, o aparelho custará 49,99 libras (102,60 dólares), e seu uso será gratuito para assinantes dos serviços de telefonia da 3. O modelo estará à venda nas lojas da empresa na sexta-feira, 2 de novembro.

Sixt disse que as tarifas para conexão com outras operadoras que não a Skype seriam as mesmas de outros celulares, com minutos e mensagens de texto ao mesmo preço, e que o aparelho terá um botão Skype especial.

"A Skype agora é realmente móvel. O novo aparelho permite que o usuário realize ligações grátis pela Skype, para outros usuários da Skype em todo o mundo, de qualquer lugar", informou Michael van Swaaj, presidente interino da Skype, em comunicado.

Ele acrescentou, em coletiva por telefone, que esperava que o celular eleve a base de 246 milhões de usuários da empresa, já que agora o serviço estará disponível para pessoas sem ficar preso a computadores.

"Acreditamos que haverá interesse significativo da parte de pessoas que ainda não estão na Skype, porque é fácil utilizá-lo. A pessoa não precisa de um laptop", acrescentou, o executivo.   Continuação...