Bancos e operadoras se unem em prol dos pagamentos via celular

segunda-feira, 30 de junho de 2008 10:59 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - Operadoras de telefonia e bancos da União Européia vão cooperar para permitir que clientes paguem compras no supermercado, restaurantes e outras contas utilizando seus telefones celulares.

O movimento é parte de uma estratégia mais ampla da União Européia para levar mais alternativas à forma como as pessoas pagam por seus bens e serviços, assim como reduzir custos dos pagamentos feitos fora do país de origem.

As operadoras, que enfrentam pressão para reduzir os preços das tarifas em parte por conta das novas regras da União Européia, também buscam novas formas de receita com os micropagamentos.

A GSM Association, que representa as operadoras de telefonia móvel com membros como Vodafone, firmou uma parceria com a European Payments Council, organização que representa 8 mil bancos na Europa.

Sete operadoras de celular conduzem testes para pagamentos móveis e outras sete planejam fazê-los em um curto espaço de tempo. "Trazer maior competição ao mercado de pagamentos tem sido o meu objetivo e acordos como esse mostram as possibilidades que as novas tecnologias podem oferecer", disse o comissário interino da União Européia, Charlie McCreevy, em um comunicado.

A meta da parceria é estabelecer um padrão para uso dos micropagamentos no bloco que utilize a tecnologia Near Field Communications (NFC), plataforma para pagamentos sem contato que permite que os dados sejam transmitidos a partir do chip do celular, sem fios, para distâncias curtas.

(Reportagem de Huw Jones)