Dell prevê dois terços do faturamento fora dos EUA em 5 anos

sexta-feira, 30 de maio de 2008 11:34 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A Dell, segunda maior fabricante mundial de computadores pessoais, informou nesta sexta-feira que as vendas fora dos Estados Unidos estão crescendo muito mais rapidamente que em seu mercado natal e que podem chegar a dois terços do faturamento total em cinco anos.

A receita de regiões internacionais superou o faturamento nos EUA pela primeira vez, com Brasil, Rússia, Índia e China (BRIC) liderando o crescimento com expansão de 73 por cento no primeiro trimestre, afirmou Steve Felice, presidente da Dell para Ásia-Pacífico e Japão.

No ritmo em que as operações caminham "os dois terços podem acontecer em cinco anos", disse Felice, referindo-se a vendas fora dos EUA.

Os comentários foram feitos depois que a Dell divulgou lucro trimestral acima do esperado no trimestre, puxado por cortes de custos e forte demanda de clientes e mercados internacionais. O resultado fazia as ações da companhia dispararem mais de 8 por cento nesta sexta-feira. A Dell citou que a forte performance é uma evidência de que a recuperação de um ano liderada pelo fundador da empresa, Michael Dell, que retornou à presidência-executiva em janeiro de 2007 está rendendo frutos.

Entretanto, a Dell informou que clientes corporativos nos EUA ainda estão cautelosos sobre compras dado o atual quadro de incerteza econômica do país.

A receita da companhia nas Américas cresceu 1 por cento no trimestre encerrado em 2 de maio, apesar das vendas unitárias de servidores terem disparado 20 por cento, quatro vezes acima do ritmo da indústria.

(Por Kirby Chien)