Garmin propõe US$3,3 bi por empresa de mapas digitais Tele Atlas

quarta-feira, 31 de outubro de 2007 13:57 BRST
 

Por Niclas Mika

AMSTERDÃ (Reuters) - A empresa de equipamentos de navegação por satélite Garmin fez uma oferta não solicitada de compra da produtora holandesa de mapas digitais Tele Atlas no valor de 2,3 bilhões de euros (3,3 bilhões de dólares). A proposta supera valor oferecido pela TomTom, que já tinha fechado acordo com a Tele Atlas.

A Garmin é líder em equipamentos de navegação por satélite nos Estados Unidos e com a oferta bate de frente com a líder européia TomTom.

Dificuldades em assumir a liderança na crescente indústria já eram esperadas desde que a norte-americana Navteq, única rival global da Tele Atlas, concordou este mês em ser comprado pela fabricante de celulares Nokia por 8,1 bilhões de dólares.

A TomTom disparou a consolidação no setor fazendo oferta pela Tele Atlas em julho e a ação da Nokia deixou a Tele Atlas como único alvo para uma contraproposta.

A oferta da Garmin de 24,5 euros por cada ação da Tele Atlas é 15 por cento maior que a oferta da TomTom de 21,25 euros por ação.

As ações da Tele Atlas disparavam mais de 16 por cento nesta tarde, para 27,86 euros, bem acima da oferta da Garmin, enquanto os papéis da TomTom despencavam quase 21 por cento. Já as ações da Garmin recuavam quase 6 por cento na Nasdaq.

O mercado global de dispositivos portáteis de navegação, surgido há poucos anos, deve valer 4,2 bilhões de dólares este ano, crescendo para 12,8 bilhões de dólares até 2010, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado iSuppli.