Para Telefónica, Telecom Italia não precisa de mais capital

quinta-feira, 31 de julho de 2008 15:17 BRT
 

MADRI (Reuters) - A companhia espanhola Telefónica não vê necessidade de um aumento de capital na Telecom Italia neste momento, afirmou o presidente-executivo, Julio Linares, em uma teleconferência nesta quinta-feira.

"Sobre a Telecom Italia, não vemos necessidade de capital adicional neste momento", disse.

A Telefónica detém uma participação indireta de 6,9 por cento na rival italiana por meio do consórcio Telco, que desde 2007 passou a controlar 10 por cento das ações com direito a voto da companhia.

Na mesma teleconferência, o diretor financeiro da Telefónica, Santiago Fernandez Valbuena, disse que a companhia não tem planos de novos programas de recompra de ações, uma vez que o atual plano de remuneração ao acionista está completo.

Ele informou que a empresa vai manter o mercado atualizado sobre aumentos futuros na remuneração assim que o programa estiver finalizado este ano.

A Telefónica tem em curso um plano de recompra de 100 milhões de ações, do qual 67 por cento já foram executados.

A empresa divulgou nesta quinta-feira resultados semestrais melhores que os esperados pelos analistas e reiterou as previsões para o ano, que incluem aumento do lucro operacional antes de depreciação e amortização entre 7,5 e 11 por cento.

(Reportagem de Robert Hetz)