ISO revela na 4a se padrão de documentos da Microsoft terá apoio

segunda-feira, 31 de março de 2008 15:42 BRT
 

GENEBRA (Reuters) - A Organização Internacional de Padronização (ISO, na sigla em inglês) informou que divulgará na quarta-feira se a Microsoft obteve o apoio necessário que transformará seu formato de documento eletrônico em um padrão global da indústria.

"Uma vez que a ISO precisa primeiro informar seus parceiros mundiais de padronização sobre os resultados, um comunicado sobre este assunto será divulgado em 2 de abril, quarta-feira", informou o porta-voz da ISO, Roger Frost, em mensagem enviada por email.

A Microsoft tem se esforçado bastante para obter certificação internacional para o Open Office XML (OOXML), o formato padrão de salvamento de arquivos usado em seu Office 2007.

A empresa quer melhorar as chances de conseguir contratos governamentais e está encorajando desenvolvedores de software a usar a tecnologia em novos aplicativos e conteúdos.

A companhia não conseguiu obter a maioria de dois terços necessária na primeira votação em setembro e obteve uma segunda chance de votação, que se encerrou na noite do sábado.

Os opositores da concessão da certificação à Microsoft argumentam que a introdução de um formato rival ao já aprovado Open Document Format (ODF), criado pela Sun Microsystems, torna sem valor o propósito de estabelecimento de padrões.

O Google, que usa o padrão ODF em seus aplicativos de edição de documentos e planilhas, também integra o grupo dos opositores da Microsoft. A empresa cita preocupações sobre a dependêndia do OOXML dos formatos proprietários da Microsoft.

A tecnologia ODF permite que os usuários salvem documentos em uma variedade de formatos, incluindo os da Microsoft. Apesar do OOXML originalmente não permitir o salvamento de textos e planilhas como arquivos ODF, a Microsoft acabou tornando possível a conversão.

(Por Laura MacInnis e Georgina Prodhan)