Comcast detalha mudanças na gestão de tráfego na Web

terça-feira, 23 de setembro de 2008 00:20 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Comcast forneceu às autoridades regulatórias dos Estados Unidos detalhes sobre como planeja mudar a maneira de administrar o tráfego da Web em redes de alta velocidade sem bloquear quaisquer aplicativos ou conteúdo.

A decisão surgiu depois que a Federal Communications Commission (FCC) votou no mês passado por acatar uma queixa de que a Comcast havia violado os princípios da Internet aberta ao bloquear o tráfego para aplicativos de troca de arquivos como o BitTorrent.

A Comcast anunciou na sexta-feira que, nos termos do plano, criado para oferecer a todos os usuários seu "justo quinhão" de banda, o foco seria administrar o tráfego vindo de clientes que estão usando mais banda em períodos de congestionamento de redes.

A empresa anunciou que usará o software de sua rede para determinar se alguns usuários vêm sendo fonte de alto volume de tráfego, e que atribuirá temporariamente a eles uma prioridade mais baixa.

A empresa informou que, quando o tráfego de dados de um usuário receber prioridade inferior, a transmissão pode se tornar mais lenta em caso de congestionamento de redes, mas que isso não aconteceria se as redes estiverem livres. A Comcast afirmou que espera colocar seu novo sistema de administração de tráfego em operação em toda a rede da empresa até o final de dezembro.

Os provedores norte-americanos de acesso à Internet, como a Comcast, vêm enfrentando dificuldades devido à rápida ascensão no uso de serviços online de troca de arquivos, incluindo downloads de música e vídeos e sites de fotos, e as empresas estão à procura de maneiras que permitam evitar congestionamento de redes com um bom custo-benefício.

A Comcast, que tem mais de 14 milhões de assinantes em seus serviços de banda larga, havia informado anteriormente que alteraria suas práticas de gestão de rede para garantir que todo o tráfego na Web fosse tratado essencialmente da mesma maneira.

(Reportagem de Sinead Carew)