Clientes de TV pela Internet crescem 64% em 2008, diz Gartner

quinta-feira, 25 de setembro de 2008 13:10 BRT
 

LONDRES (Reuters) - As assinaturas mundiais de plataformas de televisão pela Internet estão a caminho de alcançar 19,6 milhões de clientes em 2008, o que representa um aumento de 64 por cento sobre o ano passado, de acordo com analistas da Gartner.

É previsto que o faturamento de televisão transmitida por protocolo de Internet (IPTV) atinja 4,5 bilhões de dólares, uma alta de 93,5 por cento em relação a um ano antes. O Leste Europeu apresenta o maior número de assinantes de IPTV e os Estados Unidos representam o maior mercado em receitas.

A empresa prevê que 1,1 por cento dos domicílios do mundo usarão IPTV em 2008, e espera que esse número aumente para 2,8 por cento até 2012.

"A maior mudança desde 2007 é o rápido advento de novos personagens atuando no mercado de consumo de vídeo e pressionando com forte demanda os operadores de IPTV a inovar", disse o pesquisador Elroy Jopling, da Gartner.

O instituto de pesquisas citou como parte dos novos competidores portais como o YouTube e o Joost e redes sociais como o MySpace e o Facebook.

"Antes de 2008, e ênfase dos operadores de IPTV estava na expansão de sua marca e na tentativa de achar uma solução para cabo e satélite", disse Jopling. "No futuro, especialmente nos mercados desenvolvidos, nós veremos uma ênfase em inovação e serviços diferenciados de TV paga".

A Gartner define IPTV como uma rede fornecida por banda larga que propicia imagem de televisão com qualidade e conteúdo de vídeo para TV por meio de um set-top-box. Conteúdo fornecido pela Internet ou somente para um computador não é incluído.