Bill Gates doa US$168 mi para pesquisa de vacina contra malária

quinta-feira, 25 de setembro de 2008 15:19 BRT
 

SÃO PAULO/NOVA YORK (Reuters) - Bill Gates, co-fundador da Microsoft, anunciou em evento da Organização das Nações Unidas que vai doar 168,7 milhões de dólares para o desenvolvimento de uma vacina contra a malária. Os recursos serão disponibilizados por meio da fundação Bill & Melinda Gates.

A quantia será doada para o grupo de pesquisa PATH Malaria Vaccine Initiative (MVI), que trabalha com o laboratório GlaxoSmithKline Biologicals na busca de uma possível vacina de primeira geração, que pode se tornar a primeira aprovada contra a doença, segundo comunicado oficial.

"Eu estou muito esperançoso de que a vacina da malária, que está em testes avançados atualmente, vai se provar eficiente, mas esse será apenas o primeiro passo", disse Gates, co-presidente da Gates Foundation.

"Agora é a hora de desenvolver uma nova geração de vacinas que serão ainda mais eficientes e que poderão algum dia erradicar a malária de uma forma geral", acrescentou.

 
<p>O primeiro-ministro brit&acirc;nico, Gordon Brown (esq), sorri com Bill Gates (dir) durante uma coletiva de imprensa na sede das Organiza&ccedil;&atilde;o das Na&ccedil;&otilde;es Unidas, em Nova York, no dia 25 de setembro. Ele anunciou em evento da Organiza&ccedil;&atilde;o das Na&ccedil;&otilde;es Unidas que vai doar 168,7 milh&otilde;es de d&oacute;lares para o desenvolvimento de uma vacina contra a mal&aacute;ria. REUTERS/Shannon Stapleton (UNITED STATES)</p>