Portugal faz acordo com Microsoft para equipar laptop Magalhães

sexta-feira, 3 de outubro de 2008 14:29 BRT
 

LISBOA (Reuters) - Portugal assinou um memorando de entendimento com a Microsoft para a instalação de um pacote de software de aprendizagem nos laptops educacionais de baixo custo "Magalhães" anunciou o governo português.

O "Magalhães", desenvolvido pela Intel e fabricado em Portugal pela JP Sá Couto, será distribuído pelo governo português a todos os alunos do ensino básico do país, numa iniciativa em que participam também operadoras de telefonia do país.

O pacote Microsoft Suite, que equipará o "Magalhães", é composto por vários programas de aprendizagem e conteúdos de segurança e antivírus.

"Esta iniciativa (Magalhães) é incrível, não sei se conseguirei exprimir o quão importante isto será no futuro", afirmou Steve Ballmer, presidente-executivo da Microsoft, durante assinatura do memorando.

O primeiro-ministro português, José Sócrates, afirmou que o 'Magalhães' permite acelerar a modernização do país e destacou a importância da Microsoft no desenvolvimento do Plano Tecnológico de Portugal.

"Este movimento (do Plano Tecnológico) só foi possível com a participação de muita gente. E a empresa que desde logo se mostrou disponível para fazer uma parceria com Portugal foi a Microsoft", afirmou José Sócrates. "Temos muito orgulho nesta parceria e quero agradecer o empenho da Microsoft no desempenho do plano tecnológico", concluiu.

O Magalhães é distribuído de forma gratuita aos alunos integrados a programas de ação social, tendo um custo máximo de 50 euros para outros alunos. Ao público em geral, o pacote custa 285 euros.