Buscador Ask se reforma em busca de desempenho mais rápido

terça-feira, 7 de outubro de 2008 08:47 BRT
 

Por Yinka Adegoke

NOVA YORK (Reuters) - O Ask.com, da IAC Corp, está revisando seu mecanismo de busca na Internet para oferecer resultados mais rápidos e com relevância melhor numa tentativa de conquistar fatia de mercado do líder Google.

O presidente-executivo do Ask, Jim Safka, disse na segunda-feira que a companhia pode conquistar consumidores com buscas que são 30 por cento mais rápidas que antes. Testes prévios mostraram um aumento de 16 por cento da taxa na qual consumidores retornam para usar a nova página de busca, disse ele.

A companhia acredita que pode crescer em participação de mercado e em receita ao se beneficiar de distrações de competidores como o Yahoo e a Microsoft, os quais passaram a maior parte do ano em negociações sobre uma possível fusão. O Yahoo e a Microsoft são, respectivamente, o segundo e o terceiro buscadores mais usados nos Estados Unidos.

"Nós consideramos esse fato como uma janela de oportunidade de 24 meses, pela qual nós pudemos passar com um caminhão", disse Safka em uma entrevista à Reuters.

Safka disse que se o Ask aumentar a taxa em que internautas retornam ao site e atrair novos usuários, irá aumentar a receita com publicidade.

A maior parte da receita do Ask é proveniente de uma parceria de publicidade com o Google, o qual traz links de anunciantes relevantes às respostas de buscas de usuários. A IAC informou em julho que a receita do Ask com busca aumentou no último trimestre graças à melhora mais ampla da plataforma de buscas e publicidade do Google.