Primeira missão indiana na lua parte no dia 22 de outubro

terça-feira, 7 de outubro de 2008 10:32 BRT
 

Por Matthias Williams

NOVA DÉLHI (Reuters) - A Índia vai lançar, no dia 22 de outubro, um foguete construído localmente, na primeira missão do país à lua, informou o chefe do projeto na terça-feira. A missão não será tripulada. "Caso haja algum atraso, provavelmente será por causa do tempo, caso contrário não prevejo nenhuma dificuldade técnica", disse M. Annadurai à Reuters.

O lançamento, que era previsto para abril mas foi adiado devido a dificuldades técnicas, terá entre os dias 20 e 28 de outubro para acontecer, em uma cidade no sul da Índia.

Seis países, incluindo os Estados Unidos, estão diretamente envolvidos no projeto, que custará aproximadamente 3,86 bilhões de rúpias (80,8 milhões de dólares).

O objeto é fazer um atlas tridimensional da lua por meio de sensores de alta resolução, além de mapear a composição química e mineral da superfície da lua.

Apesar do financiamento limitado, a Índia mantém um extenso programa espacial, que consiste no lançamento de veículos, satélites e centros de processamento de dados.

O país planeja enviar um astronauta ao espaço até 2014, além de uma missão tripulada à lua em 2020. Para se preparar para isso, a Índia lançou, pela primeira vez, quatro satélites em um único foguete, em janeiro de 2007 -- um deles foi trazido de volta à Terra.