October 9, 2008 / 6:34 PM / 9 years ago

Novos games criam batalha virtual entre bandas

3 Min, DE LEITURA

Por John Gaudiosi

RALEIGH, Carolina do Norte (Reuters) - Os aspirantes a astro do rock têm maior escolha de instrumentos e canções com o lançamento de novos recursos por jogos como "Guitar Hero World Tour" e "Rock Band 2".

Depois de vender 23 milhões de cópias em todo o mundo em menos de três anos e de gerar 1,6 bilhão de dólares no varejo, a série "Guitar Hero", da Activision Blizzard, vai se expandir em 26 de outubro.

Além de guitarra e baixo, o "Guitar Hero World Tour" incluirá uma bateria e microfone, propiciando uma experiência de banda nos consoles Xbox 360, PlayStation 3, Wii e PlayStation 2.

"Cantar em 'Guitar Hero World Tour' dará as pessoas a chance de experimentar sua voz, ainda que tenham medo de fazê-lo em um palco real", disse Haley Williams, vocalista do Paramore, em recente entrevista coletiva.

Williams, cujo avatar no jogo reproduzirá seus movimentos reais, aparecerá em companhia de outros músicos, como Ozzy Osbourne, Jimmi Hendrix, Sting e Ted Nugent.

Brian Bright, diretor de projeto da Neversoft, a produtora de "Guitar Hero World Tour", informou que um novo recurso chamado Music Studio permitirá que os jogadores componham, gravem, editem e compartilhem sua música online pela GHTunes.

"Vamos atingir um mercado que nunca usou software de música no passado", disse Bright.

A Harmonix, produtora que concebeu o Guitar Hero original e depois foi adquirida pela MTV Games para produzir o "Rock Band", lançado pela MTV e Electronic Arts, completou o trabalho para o novo título da série, que já está disponível para o Xbox 360 e sai em 19 de outubro para o PS3 e em 18 de novembro para o Wii e o PlayStation 2.

Com quatro milhões de cópias vendidas e faturamento mundial de 600 milhões de dólares, "Rock Band" foi o primeiro jogo de música para uma banda completa, no ano passado. Este ano, o título passou a oferecer mais opções online, refinou o uso da bateria e agora oferece um tutorial que ensinará os jogadores a tocar de verdade as músicas que fazem parte de seu repertório.

Michael Pachter, analista de videogames na Wedbush Morgan Securities, calcula que o download de canções vá gerar 10 milhões de dólares para o "Guitar Hero" e 20 milhões de dólares para o "Rock Band".

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below