Positivo empresta até R$100 mi junto aos controladores

segunda-feira, 13 de outubro de 2008 20:08 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O conselho de administração da Positivo Informática, empresa que lidera a venda de microcomputadores no varejo brasileiro, aprovou, nesta segunda-feira, a busca de um empréstimo de até 100 milhões de reais junto aos controladores.

De acordo com a ata da reunião, divulgada ao mercado de capitais, os conselheiros analisaram propostas de instituições financeiras para a concessão de empréstimos, com custo financeiro mínimo de 154,88 por cento da Taxa DI, já inclusos os impostos, e com a exigência de garantias pela companhia, "cujas propostas foram consideradas não favoráveis", segundo a ata.

Os recursos serão obtidos em uma ou mais operações e juros remuneratórios equivalentes a 100 por cento da variação acumulada das taxas médias diárias dos DI over extra grupo de um dia, acrescida de um spread de, no máximo, o equivalente às cotações de mercado vigentes na data da sua contratação, informou a empresa.

A empresa instalada em Curitiba (PR) é listada no Novo Mercado da Bovespa desde dezembro de 2006.

Os papéis da Positivo, entretanto, que eram negociados a perto de 40 reais em janeiro deste ano, estavam em algo como 21 reais em abril e hoje fecharam o dia em 4,18 reais.

Por isso, a empresa anunciou, em 25 de setembro, a decisão de recomprar até 2 milhões de ações, equivalentes a 2,29 por cento do capital social.

(Por Taís Fuoco)