Internet ajuda a manter o cérebro saudável, diz estudo

terça-feira, 14 de outubro de 2008 20:16 BRT
 

Por Julie Steenhuysen

CHICAGO (Reuters) - Navegar na Internet pode ajudar na preservação da memória de pessoas a partir da meia-idade, disseram pesquisadores dos EUA na terça-feira.

Os cientistas da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, registraram com ressonância magnética a atividade cerebral de pessoas que faziam buscas na Internet.

"Descobrimos que as pessoas que tinham experiência com a Internet usavam mais o cérebro durante a pesquisa", disse o gerontologista Gary Small, cujo trabalho foi publicado na revista American Journal of Geriatric Psychiatry.

"Isso sugere que simplesmente navegar na Internet pode treinar o cérebro -- que isso pode mantê-lo ativo e saudável", disse Small.

Muitos estudos já haviam indicado que desafios mentais, como os quebra-cabeças, poderiam preservar as funções cerebrais, mas poucos haviam avaliado o alcance da Internet.

"É a primeira vez que alguém simulou uma tarefa de busca na Internet ao examinar o cérebro", contou o cientista.

A equipe estudou 24 voluntários normais, de 55 a 76 anos. Metade tinha experiência em buscas na Web, ao contrário da outra metade. Os dois grupos tinham semelhante composição etária, educacional e de gênero.

O monitoramento cerebral foi feito também quando as pessoas estavam lendo livros.   Continuação...