Yahoo planeja corte de custos que pode incluir empregos--fonte

segunda-feira, 20 de outubro de 2008 10:28 BRST
 

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - O Yahoo deve apresentar planos de corte de gastos durante a divulgação de resultados trimestrais na terça-feira. Os planos devem incluir corte futuro de postos de trabalho, informou uma fonte próxima do assunto no domingo.

A companhia de Internet discutirá a escala e a dimensão das futuras demissões. Detalhes específicos sobre quais empregos serão eliminados não serão revelados, informou a fonte. Representantes do Yahoo não estavam imediatamente disponíveis para comentar.

O Wall Street Journal informou que os futuros cortes ultrapassarão os cerca de 1.000 postos de trabalho que o Yahoo havia informado anteriormente que eliminaria.

A empresa também pediu a alguns gerentes que identifiquem cortes operacionais de cerca de 15 por cento no orçamento informou o jornal em sua versão eletrônica.

Anteriormente este ano, o Yahoo recusou uma oferta de compra da Microsoft de 33 dólares por ação, ou 47,5 bilhões de dólares. Desde então, o Yahoo mexeu em sua equipe de administração para tentar elevar o preço de suas ações. O Yahoo contratou recentemente a empresa de consultoria Bain & Co. para ajudar a identificar potenciais "mudanças estruturais".

O Yahoo também continua a avaliar uma combinação com a AOL, da Time Warner, informou o Wall Street Journal. As duas partes começaram a discutir um valor para a AOL abaixo dos 8 bilhões a 10 bilhões de dólares anteriormente considerados.

Na semana passada, o presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, disse que um acordo de publicidade online com o Yahoo fazia sentido econômico e ainda pode ser possível, apesar das partes não estarem em negociação