Motoqueiro é preso no Reino Unido por vídeo no YouTube

segunda-feira, 20 de outubro de 2008 13:12 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Um motoqueiro britânico que postou um vídeo de si mesmo no YouTube, no qual fazia manobras perigosas e acelerava a até 210 km/h, foi preso por 12 semanas nesta segunda-feira.

Sandor Ferenci, de 28 anos, deu piruetas, freadas e correu na contramão de uma estrada perto de Banbury, Oxfordshire, em junho deste ano. Depois, pôs um vídeo no YouTube para mostrar as manobras.

Ferenci admitiu, em uma audiência anterior, que dirigiu perigosamente duas outras vezes. Ele foi preso na Corte da Coroa de Oxford e perdeu a licença para dirigir por dois anos, segundo a Associação de Imprensa.

Ele terá de fazer um extenso exame de direção antes de receber permissão para dirigir novamente.

O promotor Brian Payne disse que um motorista que viu as façanhas de Ferenci na estrada A422 anotou a sua placa e entrou em contato com a polícia.

Quando os policiais ligaram em sua casa, Ferenci perguntou: "É sobre o vídeo no YouTube?".

A juíza Terence Maher disse a Ferenci que ele fez "manobras lunáticas e repulsivamente irresponsáveis, em velocidade considerável".

Exibido na corte, o vídeo foi filmado por um amigo, de vários ângulos.

Gary Bell, advogado de Ferenci, disse que seu cliente, que trabalha como cuidador de uma mulher idosa, leu a história de uma criança que morreu num acidente de moto e agora entende as consequências de suas ações.

"Ele sente um remorso verdadeiro pelo que fez e realmente sente muito", disse ele à corte.

(Por Michael Holden)