Asustek prevê aumento de 77% na produção de laptops 2009

terça-feira, 21 de outubro de 2008 09:23 BRST
 

TAIPÉ (Reuters) - A taiuanesa Asustek Computer pretende aumentar produção de notebooks em 77 por cento em 2009 à medida que cresce a demanda por computadores de baixo custo, informou a mídia local nesta terça-feira.

O presidente do conselho da Asustek, Jonney Shih, disse que espera que a companhia embarque até 20 milhões de laptops no próximo ano, impulsionando a Asustek a se tornar uma das quatro maiores fabricantes de laptops do mundo, informou a publicação em língua chinesa Economic Daily.

Shih, cuja companhia é pioneira no popular segmento de notebooks de baixo custo conhecidos como netbooks, fez comentários durante o lançamento de uma nova linha da série de netbooks Eee PC.

Com base em previsões anteriores, a companhia está seguindo cronograma para embarcar 11,3 milhões de notebooks este ano, incluindo netbooks, informou o jornal.

As ações da Asustek tiveram valorização de 2,1 por cento nesta terça-feira, indo na contra-mão da queda de 0,22 por cento do índice de Taiwan.

Muitos dos principais fabricantes de computadores do mundo, incluindo a Dell, a Acer e a NEC, entraram no mercado de netbooks e lançarão, ou já lançaram, sua própria linha de notebooks de baixo custo.

A iSuplli espera que o mercado global de notebooks cresça 20 por cento no próximo ano, para 155 milhões de unidades, mas espera que o mercado de netbooks cresça duas vezes mais rápido, a 55 por cento, para 13,2 milhões de unidades.