Juiz pede que Oracle ofereça acordo à SAP

terça-feira, 21 de outubro de 2008 15:40 BRST
 

BOSTON (Reuters) - Um juiz federal dos Estados Unidos disse à Oracle para propor um acordo financeiro em um processo judicial que a gigante dos softwares deu entrada contra a rival SAP, no qual a Oracle clama danos que podem chegar a 1 bilhão de dólares.

A Oracle entrou com a ação contra a empresa alemã de softwares em março de 2007, acusando a TomorrowNow, unidade de serviços da SAP com base nos Estados Unidos, de usar ilegalmente senhas de clientes para roubar materiais protegidos por direito autoral do site da Oracle.

O juiz federal Joseph Spero pediu à Oracle para informar à SAP sobre a quantia que a empresa quer para solucionar o caso até o dia 13 de fevereiro. A fabricante de software alemã terá até o dia 18 de fevereiro para dar uma contraproposta, de acordo com uma ordem que foi expedida na corte distrital norte-americana em San Francisco na segunda-feira.

A porta-voz da Oracle Deborah Hellinger se recusou a comentar. Já o porta-voz da SAP, Saswato Das, disse que a companhia irá cooperar com a ordem da corte.

As cortes da Califórnia regularmente pedem às partes envolvidas em processos civis que tentem chegar a um acordo antes de irem aos tribunais.

A SAP informou em julho de 2007 que funcionários da TomorrowNow fizeram "alguns downloads inadequados" de materiais do site da Oracle.

Mas autoridades da SAP se recusaram repetidas vezes a fazer comentários, dizendo que os fatos serão revisados pela corte.

A SAP está em processo para fechar a TomorrowNow depois de uma tentativa mal sucedida de vender a companhia.

(Reportagem de Jim Finkle)