Variação cambial derruba lucro da EMBRATEL no 3o trimestre

quarta-feira, 22 de outubro de 2008 19:45 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Apesar da alta nas receitas e nas margens de rentabilidade, o resultado da Embratel no terceiro trimestre foi afetado pela variação cambial.

Dessa forma, a empresa divulgou nesta quarta-feira um lucro líquido de 94,5 milhões de reais no período, 20 por cento menor que os 118,2 milhões de reais do mesmo intervalo de 2007.

A receita líquida subiu 14,7 por cento, para 2,5 bilhões de reais. Segundo a companhia, a telefonia local gerou a maior alta entre as linhas de negócios -- de 34,3 por cento sobre 2007 --, enquanto a receita de comunicação de dados cresceu 14,6 por cento e a área de longa distância, que ainda é a maior fatia do faturamento, cresceu 10,6 por cento.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda em inglês) atingiu 650,8 milhões de reais, com elevação de 13,1 por cento sobre igual trimestre de 2007.

Da dívida total da companhia no final do trimestre, 94,9 por cento estava denominada em moeda estrangeira, segundo o balanço.

De acordo com a Embratel, entretanto, "a dívida em moeda estrangeira de curto prazo estava totalmente protegida" por instrumentos de hedge.

O endividamento total em 30 de setembro era de 2,413 bilhões de reais, dos quais 771 milhões de reais vencem no curto prazo.

(Por Taís Fuoco, Edição de Aluísio Alves)