Produtoras de jogos apostam em grandes sucessos e continuações

quinta-feira, 23 de outubro de 2008 11:49 BRST
 

RALEIGH, Estados Unidos (Reuters) - Em Hollywood, as continuações podem nem sempre se equiparar ao filme original, mas os videogames muitas vezes melhoram em suas segundas e terceiras versões.

Os produtores de videogames esperam que essa verdade se sustente no caso de jogos que chegarão às lojas em breve, entre os quais "Resistance 2", da Insomniac Games, exclusivo para o PlayStation 3; "Gears of War 2", da Epic Games, exclusivo para o Xbox 360; "Fable 2", da Microsoft; e "Fallout 3", da Bethesda Softworks.

"Os programadores podem começar em alta velocidade, com as continuações", disse Ted Price, presidente-executivo da Insomniac. "A história e o estilo de arte do jogo já têm base sólida, a tecnologia e as ferramentas são estáveis e a mecânica básica de jogo passou por muito refinamento no primeiro título."

Na segunda e terceira versões, os programadores podem dedicar mais energia a melhorar o que jogo tem de mais forte, em lugar de colocar todos os sistemas em funcionamento.

"É com certeza uma experiência libertadora quando você pode deixar de discutir sobre o nome do personagem principal, ou de esperar pela implementação dos sistemas básicos", disse Price. "O resultado final em geral é um jogo maior, mais refinado e com mais recursos inovadores do que o original oferecia."

"Resistance 2" coloca os jogadores em uma versão alternativa dos Estados Unidos dos anos de 1950, chamada Chimera, que passou por uma invasão alienígena. Além de uma campanha para jogador único, o jogo oferece um modo de campanha cooperativo para até oito jogadores e a possibilidade de jogar online em campos de batalha com até 60 participantes.

"Gears of Wars 2" também traz alienígenas, e envia o jogador às profundezas do planeta Sera para enfrentar uma raça conhecida como "os gafanhotos". A continuação oferece uma história que pode ser jogada com um amigo. Os modos online, como o "Hordas", opõem até cinco jogadores contra legiões de gafanhotos muito bem armados.

Peter Molyneux, o criador de "Fable II", da Microsoft, para o Xbox 360, queria atrair uma audiência de massa e criou um jogo que acreditará satisfará os 3 milhões de compradores do original e abrirá os jogos de fantasia a mais jogadores.

"Call of Duty: World at War", o mais recente jogo da série, se concentra na sangrenta frente do Pacífico e na invasão russa à Berlim nazista, na Segunda Guerra Mundial.

Os jogadores estavam esperando há 10 anos por "Fallout 3", da Bethesda Softworks, para PC, Xbox 360 e Playstation 3.

Os fãs do jogo pós-apocalíptico que tem Washington por cenário não terão de esperar 10 anos pela versão quatro. O produtor-executivo Todd Howard diz que três anos é um bom intervalo entre versões.