Motorola sofre prejuízo no 3o trimestre, receita cai

quinta-feira, 30 de outubro de 2008 11:27 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Motorola divulgou nesta quinta-feira prejuízo no terceiro trimestre e queda de 15 por cento na receita, acima do esperado, em um momento em que tenta reconquistar espaço no mercado de telefonia celular.

A empresa planeja adiar a separação de sua divisão de dispositivos móveis por causa do cenário macroeconômico. Mas ainda pretende separar a unidade, algo que estava marcado originalmente para o terceiro trimestre de 2009.

A Motorola sofreu prejuízo líquido de 397 milhões de dólares, ou 0,18 dólar por ação, ante lucro de 40 milhões de dólares, ou 0,03 dólar por ação um ano antes.

A receita caiu 15 por cento, para 7,48 bilhões de dólares, ante média de estimativas de analistas de 7,8 bilhões de dólares, segundo a Reuters Estimates.

A terceira maior fabricante de celulares embarcou 25,4 milhões de telefones móveis no trimestre, ante 37,2 milhões de unidades um ano antes.

Desde ser nomeado como co-presidente-executivo e diretor da unidade de celulares, em agosto, o principal objetivo de Sanjay Jha é melhorar a linha de aparelhos da Motorola, que tem sido criticada desde que a linha Razr perdeu apelo entre os consumidores.

(Por Sinead Carew)