Despesa financeira afeta resultado da Oi no 3o tri

quinta-feira, 30 de outubro de 2008 19:48 BRST
 

Por Taís Fuoco

SÃO PAULO (Reuters) - O impacto da variação cambial e o aumento do endividamento fizeram com que o lucro líquido da Oi caísse para 246 milhões de reais no terceiro trimestre, ante ganho de 637 milhões de reais em igual período do ano passado.

Segundo José Luís Salazar, diretor financeiro e de relações com investidores da companhia, as perdas da empresa com câmbio no terceiro trimestre foram de 295 milhões de reais.

Ele ressaltou, entretanto, em teleconferência com jornalistas nesta quinta-feira, que a dívida exposta à variação cambial neste momento, de aproximadamente 750 milhões de dólares, é de longo prazo e representa 8,1 por cento da dívida bruta total. "O prazo médio é de cinco anos", disse.

"Neste trimestre, a gente devolveu parte dos ganhos que teve nos últimos trimestres", acrescentou Salasar sobre as operações de hedge.

De acordo com o balanço da companhia, a geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) caiu para 1,619 bilhão de reais. Em igual período de 2007, a cifra tinha sido de 1,908 bilhão de reais.

A margem Ebitda teve um recuo de 8,9 pontos percentuais na comparação ano a ano, para 34,1 por cento.

A empresa divulgou no balanço um efeito negativo de 483 milhões de reais no resultado financeiro líquido, além de citar efeitos não recorrentes positivos em igual trimestre do ano passado, de 229 milhões de reais por reversão de provisões.

A dívida líquida saltou para 9,150 bilhões de reais, ante endividamento de 3,126 bilhões em igual período do ano passado.   Continuação...