Sony faz novo recall de baterias de notebooks

sexta-feira, 31 de outubro de 2008 11:01 BRST
 

SAN FRANCISCO/TÓQUIO (Reuters) - A Sony afirmou que cinco fabricantes de notebooks, incluindo Hewlett-Packard e Toshiba, farão recall de 100 mil baterias produzidas pela companhia devido a riscos de superaquecimento nos equipamentos.

A Sony informou que o recall deve ter impacto limitado sobre seu lucro.

O recall é muito menor que o recolhimento, em 2006, de 9,6 milhões de baterias produzidas pela Sony e que custou à companhia cerca de 35,5 bilhões de ienes (360 milhões de dólares).

O governo norte-americano emitiu na quinta-feira um alerta de recall de 35 mil baterias fabricadas pela Sony e a companhia japonesa informou que ampliaria o recolhimento em 65 mil unidades no mundo todo.

Fabricantes de PCs divulgaram 40 casos de superaquecimento, incluindo quatro casos em que os usuários sofreram queimaduras leves e 21 casos de danos pequenos causados por fogo e alta temperatura, afirmou uma porta-voz da Sony.

O recall envolve 74 mil notebooks vendidos pela HP e 14.400 pela Toshiba. Baterias defeituosas tmabém foram usadas em laptops da Dell, Acer e Lenovo, informou a Sony.

A Sony responsabilizou mudanças de fabricação iniciadas há quatro anos pelos problemas. A empresa acredita que as mudanças possam ter afetado a qualidade de algumas células das baterias.

Outros inicidentes de superaquecimento podem ter envolvido um problema com as matéria-primas dos equipamentos, acrescentou a Sony.

A companhia japonesa recolheu no mês passado 438 mil laptops Vaio por preocupações com superaquecimento das baterias.

(Por Gabriel Madway, Kentauro Hamada, Mayumi Negishi e Kiyoshi Takenaka)