Custo menor e receita maior levam TIM a lucro no 3o trimestre

quarta-feira, 5 de novembro de 2008 11:19 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Controle de custos e aumento de receitas fizeram a TIM reverter o prejuízo líquido sofrido há um ano para um lucro de 22,5 milhões de reais nos três meses encerrados em setembro, informou a companhia nesta quarta-feira.

Em igual período de 2007, a companhia havia registrado prejuízo de 126,9 milhões de reais.

A terceira maior operadora celular do Brasil, unidade da Telecom Italia, fechou o terceiro trimestre com um aumento de 20,7 por cento na base total de clientes na comparação anual, para 35,2 milhões.

Apesar disso, a receita média por assinante permaneceu em 29,7 reais, estável frente ao terceiro trimestre de 2007 e praticamente em linha também na comparação com o segundo trimestre deste ano.

Os clientes pós-pagos, que proporcionam maior rentabilidade, representaram 19,4 por cento da base de usuários da companhia, acima da média de 18,8 por cento da média dos rivais, segundo a TIM.

Controle de custos de subsídios de aparelhos e regras mais rígidas para desconexão de clientes fizeram a TIM ter uma queda de 17 por cento no número de novos usuários adicionados à sua base em relação ao terceiro trimestre de 2007, para 1,4 milhão.

A TIM reduziu em 2,4 por cento os custos totais de sua operação, para 2,56 bilhões de reais. A queda nos preços médios de aparelhos fez os custos com produtos vendidos, compostos principalmente por celulares e modems de acesso à Internet, caírem 10,1 por cento, para 378 milhões de reais.

Ainda em custos, as despesas da empresa com inadimplência recuaram de 275 milhões de reais no terceiro trimestre do ano passado para 143 milhões de reais, retornando "ao nível esperado (ou seja, 4,7 por cento da receita líquida de serviços)".

Além disso, o custo de aquisição de clientes recuou 14 por cento, para 110 reais nos três meses encerrados em setembro, diante de política mais centrada em rentabilidade.   Continuação...