Fontes negam acordo entre Microsoft e Yahoo

quarta-feira, 5 de novembro de 2008 18:43 BRST
 

SEATTLE (Reuters) - Rumores de que a Microsoft estaria em conversas avançadas para comprar o Yahoo não são verdadeiras, segundo fontes próximas às companhias nesta quarta-feira.

As ações do Yahoo subiram 11 por cento no início do pregão depois que uma reportagem na Internet afirmou que o presidente-executivo da companhia, Jerry Yang, estaria deixando a empresa e que o Yahoo estaria em negociações para a venda integral da empresa para a Microsoft por um preço entre 17 e 19 dólares por ação.

Especulações sobre um possível acordo entre as duas empresas se intensificaram depois que o Google abandonou planos de uma parceria publicitária nas buscas do Yahoo.

A parceria com o Google era vista como uma forma de o Yahoo se manter independente e evitar os avanços da Microsoft em comprar parte ou toda a companhia.

(Reportagem de Daisuke Wakabayashi e Anupreeta Das)