Hulu, YouTube e iTunes exibem "Vila Sésamo"

terça-feira, 11 de novembro de 2008 11:16 BRST
 

Por Robert MacMillan

NOVA YORK (Reuters) - Será que você poderia me indicar o caminho até Vila Sésamo? Sim, é só ir até os sites iTunes, Hulu e YouTube.

Depois de passar quase quatro décadas sendo exibido em emissoras de vários países, o popular programa infantil "Vila Sésamo" está se mudando para a Internet.

O grupo sem fins lucrativos Sesame Workshop, antes conhecido como Children's Television Workshop e criador de "Vila Sésamo", anunciou que os fãs de Grover, Elmo, Beto e Garibaldo terão três opções para assistir a episódios e clipes do programa.

O anúncio foi feito no mesmo dia em que "Vila Sésamo" comemora seu 39o ano no ar. O programa passa em 140 países.

Na loja iTunes, da Apple, as pessoas poderão descarregar episódios inteiros a partir da 35a temporada, por 1,99 dólar cada.

Os episódios complementam a programação já existente de "Vila Sésamo" na iTunes, como "Talk, Listen, Connect", para crianças cujos pais estão cumprindo serviço militar longe de casa, e "Happy Healthy Ready for School", com o vermelho e peludinho Elmo.

O YouTube, do Google, vai lançar um canal Vila Sésamo com mais de 100 clipes do programa. Muitas pessoas já colocaram no canal clipes próprios de "Vila Sésamo", incluindo instalações como "Me, Claudius" e o episódio em que os personagens adultos explicam a Garibaldo a morte do amado Mr. Hooper.

Enquanto isso, o canal de vídeo online Hulu, uma joint venture entre a News Corp. e a NBC, vai exibir 100 segmentos de "Vila Sésamo" e 30 outros com convidados célebres como Julia Roberts e Laurence Fishburne.

Hoje, como no passado, o público de "Vila Sésamo" é composto principalmente de crianças pequenas, embora haja adultos que curtem o programa por seu valor nostálgico.

Mas eles não poderão comprar episódios antigos completos online, porque a Sesame Workshop e a distribuidora de DVD Genius Products não querem prejudicar as vendas das dez primeiras temporadas do programa, disponíveis em DVD.