DoCoMo investe US$2,7 bi para ingressar no mercado indiano

quarta-feira, 12 de novembro de 2008 13:05 BRST
 

Por Sachi Izumi e Devidutta Tripathy

TÓQUIO/NOVA DÉLHI (Reuters) - A NTT DoCoMo vai pagar 2,7 bilhões de dólares por uma participação de 26 por cento na operadora indiana Tata Teleservices, o que garante à companhia japonesa o primeiro passo no mercado que mais cresce em telefonia móvel no mundo.

O acordo da DoCoMo com a sexta maior operadora indiana se segue a um investimento de 350 milhões de dólares na terceira maior operadora de Bangladesh, na medida em que a empresa japonesa busca expandir sua atuação além do mercado original.

Com a transação, chegam ao recorde de 63 bilhões de dólares as aquisições em outros países feitas por companhias japonesas neste ano.

Enquanto a DoCoMo expande sua presença, o conglomerado Tata Group, controlador da Tata Teleservices, no entanto, decidiu engavetar seus planos de aquisições diante da crise financeira global.

O valor pago pela participação de 26 por cento na Tata Teleservices leva o valor da companhia a 10,4 bilhões de dólares, mais que os 9 bilhões de dólares da Reliance Communications, a segunda maior do país e que tem quase o dobro do número de clientes da Tata.

"Este investimento não busca um retorno de curto prazo, mas de longo termo diante do potencial de crescimento do mercado indiano e da própria Tata Teleservices", disse o presidente-executivo da DoCoMo, Ryuji Yamada, a jornalistas em Tóquio.

"Consideramos este investimento como um dos mais importantes acordos em nossa estratégia de internacionalização", acrescentou.

A DoCoMo também pretende fazer uma oferta para comprar até 20 por cento dos papéis hoje em poder da Tata Sons, holding do grupo indiano, como é exigido pela legislação daquele país.