Google vai permitir que empresas gerem mais páginas de busca

quinta-feira, 13 de novembro de 2008 10:18 BRST
 

Por Yinka Adegoke

NOVA YORK (Reuters) - O Google anunciou na quinta-feira que está lançando um novo recurso que ajudaria empresas a usar seu serviço Site Search a fim de incorporar e atualizar instantaneamente novas páginas de Web, como parte de sua mais recente expansão no setor de serviços a empresas.

Ainda que o Google seja mais conhecido por suas buscas gratuitas voltadas a consumidores, bancadas por receita publicitária, a empresa vem desenvolvendo mais serviços que geram dinheiro ao licenciar tecnologia de buscas para uso em sites de clientes.

Os proprietários de sites que utilizem o Site Search do Google agora poderão acrescentar novas páginas imediatamente, de modo a que a informação mais atualizada surja nos resultados de busca graças a um novo recurso de indexação a pedido.

Anteriormente, um sistema automatizado de busca do Site Search registrava e indexava as páginas dos clientes a intervalos regulares. Mas isso não garante que os retornos estejam atualizados, e o novo recurso de indexação a pedido entrega o controle das atualizações ao operador do site.

O Site Search é um serviço pago do Google que proprietários de sites utilizam para permitir que visitantes localizem informações nas páginas de seus sites.

O Google licencia esse serviço para uso em sites por taxas que começam em 100 dólares anuais para sites menores e podem chegar a alguns milhares de dólares, para os sites de grande porte contendo milhares de páginas. Executivos do Google não revelam as taxas cobradas de proprietários de grandes sites que operam com mais de 300 mil páginas.

No caso de sites menores, o Google licencia o uso do serviço gratuitamente caso os resultados de busca possam ser acompanhados por publicidade.

O Site Search do Google é acionado pela rede de computadores da empresa, em lugar de requerer que os usuários instalem e mantenham equipamentos próprios de busca. O Google quer melhorar a qualidade das buscas em sites individuais que podem conter informações importantes, mas em geral de forma desordenada e inacessível.

 
<p>Sundar Pichai, vice-presidente de produtos do Google, apresenta o novo navegador da companhia na sede da empresa, na Calif&oacute;rnia, no dia 2 de setembro. (Foto de arquivo) . O Google anunciou na quinta-feira que est&aacute; lan&ccedil;ando um novo recurso que ajudaria empresas a usar seu servi&ccedil;o Site Search a fim de incorporar e atualizar instantaneamente novas p&aacute;ginas de Web, como parte de sua mais recente expans&atilde;o no setor de servi&ccedil;os a empresas. REUTERS/Kimberly White (UNITED STATES) (Newscom TagID: rtrphotosthree687251) [Photo via Newscom]</p>