Casal britânico se divorcia na vida real após affair virtual

sexta-feira, 14 de novembro de 2008 11:56 BRST
 

Por Lylie McLellan

LONDRES (Reuters) - Uma mulher britânica está se divorciando de seu marido após descobrir que o personagem online dele mantinha um relacionamento com uma mulher virtual no Second Life, publicou a imprensa na sexta-feira.

Amy Taylor, 28 anos, disse que o casamento de três anos com David Pollar, 40 anos, chegou ao fim após ela ter flagrado duas vezes o marido assistindo ao seu personagem online, Dave Barmy, fazendo sexo com outras mulheres virtuais.

O Second Life permite que jogadores criem vidas virtuais nas quais o personagem, ou avatar, pode ter vida social, desenvolver relacionamentos, comprar propriedades ou montar negócios em um mundo imaginário digital, que utiliza uma moeda própria.

O casal se conheceu em uma sala de bate papo virtual em 2003. Os dois se casaram na vida real e em um cenário tropical no Second Life.

Entretanto, Taylor sempre teve suspeitas sobre a lealdade online de Pollard. Em um determinado momento, ela contratou um detetive virtual para testar se o avatar do marido estava envolvido em uma traição, depois de ter encontrado o esposo no computador vendo o seu personagem fazer sexo com uma prostituta digital.

Pollard passou por esse teste, mas anteriormente este ano, Taylor encontrou o personagem dele em uma posição comprometedora com outra mulher virtual.

"Ele confessou que esteve conversando com esta outra jogadora dos Estados Unidos por uma semana ou duas, disse que nosso casamento tinha acabado e que ele não me amava mais", disse Taylor, que deu entrada em um pedido de divórcio no dia seguinte.

A advogada de Taylor não se mostrou surpresa -- ela disse que era o seu segundo caso de divórcio envolvendo o Second Life naquela semana.