Indústria celular quer carregadores de bateria mais eficientes

quarta-feira, 19 de novembro de 2008 14:27 BRST
 

HELSINQUE (Reuters) - As cinco maiores fabricantes de aparelhos celular do mundo lançaram nesta quarta-feira um sistema comum de classificação de energia para carregadores de bateria. O objetivo é tornar mais simples para os consumidores comparar e escolher aqueles que consomem um mínimo de energia, informou a Nokia.

O novo sistema de classificação é a resposta da indústria celular a críticas severas de ambientalistas. O setor tornou-se o maior do mundo em volume de eletrônicos consumidos.

O sistema cobre todos os carregadores vendidos por Nokia, Samsung, Sony Ericsson, Motorola e LG, e varia de cinco estrelas para o mais eficiente a zero para os que consomem mais energia.

Se deixados conectados na tomada, carregadores continuam consumindo eletricidade mesmo se não há celulares conectados a eles. A Nokia informou que cerca de dois terços da energia usada por celulares são desperdiçados desta maneira.

"Se mais de 3 bilhões de pessoas que têm um celular hoje trocarem seus carregadores por modelos de quatro ou cinco estrelas, isso economizaria a mesma quantidade de energia por ano que a produzida por duas usinas de força de porte médio", informou a Nokia em comunicado.

As quatro maiores fabricantes de carregadores do mundo são a Flextronics, a chinesa BYD, Emerson Group e a finlandesa Salcomp.

"O sistema será positivo para nós", disse o presidente-executivo da Salcomp, Markku Hangasjarvi, à Reuters. "Tais carregadores são mais difíceis de se produzir, o preço médio de venda é maior e precisam de um know-how especial."