Com 5 novas áreas, portabilidade atinge 28% do país na 2a-feira

sexta-feira, 21 de novembro de 2008 17:07 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A partir da próxima segunda-feira, o recurso da portabilidade numérica, que permite mudar de operadora e manter o número da linha, atingirá cinco novas regiões e 28 por cento dos assinantes de telefonia fixa e móvel de todo o Brasil.

No dia 24, o serviço passa a ser oferecido nos códigos de DDD 47 (Santa Catarina), 69 (Rondônia), 71 e 73 (na Bahia) e 89 (Piauí).

Com as novas áreas, de acordo com a ABR Telecom, entidade administradora do recurso, já serão 11 as capitais cobertas pelo serviço, uma vez que a capital baiana, Salvador, e de Rondônia (Porto Velho) estão nesta agenda.

As outras capitais já atendidas são Campo Grande (MS), Goiânia (GO), Vitória (ES), Teresina (PI), Natal (RN), Rio Branco (AC), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE) e São Luís (MA).

O processo começou a ser implementado no Brasil em 1o de setembro e chegará a todo o país em 2 de março do ano que vem. As capitais Rio de Janeiro e São Paulo farão parte, respectivamente, das duas últimas etapas de implementação, cujo cronograma foi acertado entre operadoras e Anatel.

Desde 1o de setembro, de acordo com a base de dados de referência da ABR Telecom, 82.040 usuários solicitaram troca de operadora com manutenção do número de telefone. Desse total, 60 por cento foram solicitações de usuários de telefonia móvel e 40 por cento de telefonia fixa.

A portabilidade deve ser solicitada dentro do mesmo DDD e do mesmo serviço, isto é, móvel para móvel ou fixo para fixo. No primeiro ano, ela deve ser concluída em até cinco dias úteis a partir da data da solicitação. Do segundo ano em diante, o processo será concluído em até três dias úteis.

(Por Taís Fuoco)