Apple é processada por tecnologia de navegação do iPhone

segunda-feira, 24 de novembro de 2008 18:17 BRST
 

BOSTON (Reuters) - A Apple é o alvo de um processo que afirma que a tecnologia usada para que o iPhone possa navegar na Internet infringe uma patente registrada por Elliot Gottfurcht e dois co-inventores de Los Angeles.

O processo foi registrado pela EMG Technology nesta segunda-feira em Tyler, no Texas. A EMG foi fundada por Gottfurcht e tem somente um empregado.

O processo alega que a tecnologia usada pelo iPhone para navegar e exibir alguns websites na tela do aparelho infringe uma patente obtida no mês passado por Gottfurcht e outros inventores da EMG.

A porta-voz da Apple Susan Lundgren preferiu não comentar sobre o processo, afirmando que a companhia não discute litígios pendentes.

A EMG não pensa em processar empresas como a HTC, que fabrica o G1 do Google, ou a Research in Motion (RIM), que fabrica o Blackberry e que também produz dispositivos que podem exibir websites móveis, segundo o advogado da empresa Stanley Gibson, do escritório Jeffer, Mangels, Butler & Marmaro.

Os sites móveis são essencialmente versões reformadas de seus sites originais, com o conteúdo adequado para a tela menor e mais estreita do celular.

"Não olhamos nada mais além do iPhone", disse Gibson à Reuters. "Esse é o aparelho para o qual olhamos. Obviamente, ele é muito popular", afirmou.

(Reportagem de Jim Finkle)