Lucro da HP sobe com ajuda da EDS e corte de custos

segunda-feira, 24 de novembro de 2008 19:41 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Hewlett-Packard (HP) divulgou um lucro líquido maior nesta segunda-feira, ajudada pelo corte de custos e pela aquisição da Electronic Data Systems (EDS), que ampliou a receita do segmento de serviços.

Os resultados e as previsões da HP para 2009 batem com os dados preliminares apresentados pela companhia no dia 18 de novembro. A estimativa preliminar superou a prevista pelos analistas, levando as ações da HP a uma alta de 14 por cento naquele dia.

O lucro líquido no quarto trimestre fiscal da empresa foi de 2,11 bilhões de dólares, ou 0,84 dólar por ação, comparado aos 2,17 bilhões de dólares, ou 0,81 dólar por ação, um ano antes.

A receita do trimestre subiu 19 por cento, para 33,6 bilhões de dólares, com um aumento de 16 por cento quando ajustada a variações cambiais. Sem a EDS, o crescimento da receita seria de 5 por cento.

A ampla gama de negócios da companhia, que inclui serviços, software, computadores e impressoras, fez com que ela ficasse menos vulnerável às oscilações da economia do que empresas centralizadas somente em PCs.

A rival Dell apresentou um desempenho melhor que o esperado no mesmo trimestre em boa parte graças a um programa agressivo de corte de custos.

As ações da HP, que perderam quase um terço de seu valor entre setembro e meados de novembro, ganharam em torno de 20 por cento desde a divulgação dos dados preliminares.

(Reportagem de David Lawsky)